BLOG

Como vender mais sem ter uma legião de fãs!


Midias Sociais
24 de julho de 2017 • ,

Você acredita que só quando ter aqueles 10.000 fãs nas suas redes sociais é que vai conseguir vender mais pela internet?

OU Você pensa que só quando se tornar uma celebridade na web é que vai conseguir viver do seu negócio digital?

Se você acredita nisso, então este texto é pra você!

Eu vou te mostrar como um trabalho seguro e pontual é muito mais importante e te dá resultados melhores do que simplesmente espalhar ideias a esmo sem ter a certeza de um retorno.

Imagina que hoje você está gritando no meio de uma multidão, e em alguns caso pode até ser que funcione, mas saiba somente algumas poucas pessoas ao seu redor realmente vão te ouvir. E o pior é que essas que te ouviram podem nem ser as pessoas certas que vão entender o que você está querendo transmitir.

Portanto, não tenha dúvidas, se você quer que sua mensagem chegue perfeitamente para um grupo específico de pessoas, faça com que consigam perceber a simplicidade e a facilidade de consumir seus produtos ou serviços.

Por isso, na hora de divulgar sua imagem ou promover sua marca, começar apostando em quem está perto de você, e quem você tem certeza de que irá te ouvir é uma ótima estratégia de posicionamento.

Vender mais na internet depende de relacionamento

Mas o mais importante é perceber que essa divulgação passa pelo relacionamento com seu público. Qualquer que seja o meio de contato com eles, isso precisa estar bem alinhado com aquilo que você tem de proposta. Sua marca deve representar tudo que você é em cada ponto e para cada visão.

É preciso encontrar sua essência e fazer com que ela siga isso em qualquer que seja o meio onde você vá colocá-la. Seja em um anúncio no jornal ou um banner nas redes sociais, seja em um site, blog ou fanpage, qualquer lugar precisa ser a extensão da sua marca.

Por isso, não adianta falar com todos públicos em todas as oportunidades e ao mesmo tempo. Daí o cuidado com que seu público não esteja consumindo apenas propaganda, mas sim algo a mais. Conteúdo, feedback, responder aos comentários, o importante é fazer com que as pessoas vejam em você mais que simplesmente uma peça publicitária.

Algumas dicas para vender mais nas redes sociais

O segredo talvez esteja em não enxergar seu público como números, mas como pessoas únicas. Se aproximar de cada um com aquilo que eles precisam, como as demandas que muitas vezes nem sabem que têm. Oferecer algo especial a cada pequeno grupo que te escuta na multidão.

1 – Ofereça seu conhecimento de graça

Tanto aqui no blog, quanto na minha fanpage eu procuro manter uma frequência de conteúdos gratuitos sendo disponibilizados para quem me segue. Como ofereço serviços de consultoria personalizada e também meus cursos online, então para uma pessoa chegar a me contratar ela primeiro precisa passar na minha visão por 3 etapas: conhecer, confiar e comprar.  Você que me lê agora, antes de contratar um serviço meu ou comprar um curso, precisa primeiro vai me conhecer e depois confiar que eu sou a pessoa certa que vai solucionar o seu problema.

Então a estratégia que eu utilizo para estabelecer essa confiança inicial é compartilhar pequenos “drops”, ou pílulas do que eu sei sobre mídias sociais, negócios online e marketing digital. Assim quando uma oferta for aberta para você, você já estará mais propenso a adquirir um produto ou serviço meu.

2 – O público e o meio

Sim, todos estamos conectados. E é um erro, pelo menos na minha visão, falar que seu negócio é ou online ou offline. Hoje tudo é negócio. E se você atua somente no offline e não existe uma forma de te encontrarem online você está deixando dinheiro na mesa.

E não entenda isso como, estar em todas as mídias sociais ao mesmo tempo. Mas pelo menos em UMA rede social é importante que você se mantenha assíduo e atualizado.

E como escolher a melhor rede social para me comunicar com meu público?

Tendo claro quem é o seu público. Por exemplo, se você atua no ramo de moda, então a rede social mais utilizada nesse ramo é o instagram. Esteja lá!

Já se você atua mais no mercado de carreira, a rede social mais utilizada para se comunicar com seu público é o LinkedIn. Tenha claro o perfil de cliente que você atende para assim fazer a melhor escolha de qual rede social você colocar suas energias.

E nesse início o que indico é você se comprometer com o que você vai conseguir sustentar. Se nesse momento você só consegue fazer uma postagem ao dia, então faça isso mas se mantenha nesse ritmo pelo menos por até 90 dias.
Só após esse período é que as pessoas ao seu redor vão começar a consolidar a sua imagem na cabeça delas para que se lembrem quem é você, o que você faz e como você pode ajudá-las.

3 – Sua imagem vende

Esse é um ponto crucial que eu venho falando bastante para os alunos do meu treinamento online Mídia de Resultado. Na internet a primeira impressão é a que fica. E lamento se você não concorda com isso, mas é a mais pura verdade.

Quando você ouve falar de alguém que seja interessante para você o que você faz? Vai logo procurar por essa pessoa no Google.

Uma das primeiras páginas que aparecem nessa pesquisa é a do perfil pessoal do facebook.

Você entra nesse perfil e começa a VER o que essa pessoa está compartilhando, postando, falando.

Bingo! A partir daí você começa a fazer uma pré-visualização de como essa pessoa é.

Se esse profissional não está bem posicionado, e ali você não encontrar nada que faça a ligação sobre o que você estava buscando sobre ele, então vai ficar mais difícil de criar essa conexão de confiança.

Mas Dayse, eu não sei o que postar nas redes sociais para começar a atrair o meu público…

Como Aumentar Suas Vendas com Eventos Presenciais


Branding Digital
18 de novembro de 2016 • ,

Você sabia que é possível vender mais organizando os seus próprios eventos presenciais?

Eu falo isso por experiência própria. Há pouco mais de um ano, eu organizo o Coaching in Rio junto da minha amiga e sócia Jaqueline Salles.

Esse é um evento para Coaches aprenderem e trocarem ideias sobre seus negócios. Nós buscamos sempre trazer muito conteúdo sobre relacionamento com clientes e vendas dos serviços.

Eu pude aprender muita coisa durante esse período. Uma delas é que os eventos presenciais podem duplicar as vendas dos seus serviços.

É isso mesmo! Você não leu errado. É possível vender mais apenas organizando seus próprios eventos.

E hoje eu vou compartilhar com você quais são os três principais motivos para isso acontecer porque vejo que muitas pessoas que frequentam o Coaching in Rio mostram vontade de criar os seus próprios eventos, mas a maioria tem medo.

Elas acham que é um monstro de sete cabeças. Apenas poucos iluminados podem fazer isso. A maioria das pessoas não terá resultados com esse tipo de ação.

São todas crenças limitantes que impedem essas pessoas de crescerem. A minha proposta com este artigo é mostrar 3 motivos para você vender mais com esses eventos.

Você está pronto?

1 – Eventos aumentam a percepção do seu valor e, consequentemente, te ajudam a vender mais

Quando nós começamos o Coaching in Rio, não tínhamos o conhecimento e os contatos que nós temos hoje. Apostamos em um projeto com a cara e a coragem.

E não teríamos metade do reconhecimento de hoje se não tivéssemos feito isso. A verdade é que o CiR foi essencial na construção da nossa autoridade e da percepção de valor sobre nosso trabalho.

Neste um ano, nós desenvolvemos muitas parcerias e fizemos contatos importantes. O network foi essencial para essa construção de autoridade.

Por mais que a internet tenha ajudado muito em diversos pontos, as pessoas ainda enxergam muita credibilidade nos eventos presenciais. Você automaticamente se torna uma autoridade no assunto somente de anunciarem uma palestra.

E uma das armas da persuasão de Robert Cialdini é justamente essa palavra que estou reforçando tanto: autoridade. Nós todos temos um forte senso de obediência às autoridades.

Ao fazer eventos presenciais, você aumenta a percepção de valor dos seus serviços, desenvolve mais autoridade e, consequentemente, passa a vender mais.

Conectar pessoas ajuda a vender mais

2 – Eventos conectam pessoas. Uma estratégia essencial para vender mais!

O número de pessoas que se conheceram através do Coaching in Rio é incrível. Tanto quanto o número de pessoas que eu e a Jaqueline pudemos conhecer graças ao evento.

Nós fomos conectados por aquele momento em que todos estavam unidos em busca de um mesmo objetivo. E é claro que tudo isso gera um rapport muito grande nas pessoas.

Caso você não saiba, rapport é uma palavra em francês que não tem tradução para o português, mas é algo próximo de “espelhamento”. Essa é uma capacidade de defesa do ser humano para sobreviver por milênios.

Mesmo antes de falar, nós precisávamos nos identificar com pessoas semelhantes para que pudéssemos sobreviver. É essa ação natural que chamamos de rapport.

Ele acontece quando você encontra pessoas com objetivos, situações, problemas e decisões semelhantes. É por isso que você faz uma forte amizade de cinco minutos com um desconhecido na fila do banco.

Essa é uma relação de confiança. Mesmo que tenha sido construída em um curto período de tempo. É justamente isso que fazemos em nossos eventos presenciais: construímos relações de confiança.

Não são raros os casos de participantes do Coaching in Rio que passam a seguir nosso trabalho e compram nossos produtos.

Tem casos de pessoas que participaram do evento e, logo em seguida, contrataram a mentoria Maestria em Coaching, o nosso ticket mais alto.

Como você pode ver, os eventos ajudam vender mais de forma direta!

É possível vender mais e ter presença online com eventos digitais!

3 – Mesmo sendo off-line, os eventos aumentam seu alcance na internet

Nós estamos tão habituados a falar de “mundo digital” que esquecemos a importância do “mundo off-line”. Na verdade, esquecemos até que já não existe essas divisões de mundo basicamente.

O online influencia no off-line e vice-versa. Uma prova disso é que nós usamos a internet para divulgar um evento presencial. E isso faz com que as pessoas que vejam nossas publicações enxerguem autoridade no nosso trabalho.

Mas tão importante quanto isso são as pessoas que estarão em seu evento. Elas vivem conectadas. Algumas usam até roupas e acessórios com dispositivos digitais.

Isso significa que elas estão presencialmente no seu evento, mas estão também no mundo digital.

Essas pessoas tiram fotos para mostrar aos amigos, compartilham insights que tiveram e ajudam a divulgar o seu trabalho de forma orgânica. Elas propagam ainda mais a sua mensagem.

É a famosa divulgação boca-a-boca potencializada pelo poder das mídias sociais.

Acelere suas vendas com eventos sociais

Você gostou desses três motivos que eu listei neste artigo?

Eu tenho um e-book gratuito para você que deseja vender mais através dos eventos presenciais. É um passo-a-passo simples e fácil que pode ser seguido por qualquer Coach.

São quatro passos detalhados para que você possa atrair e fidelizar clientes com seus eventos.

Baixe agora mesmo e comece a vender mais!

Como vender mais e melhor com um blog de Coaching


Vendas Online
5 de abril de 2016 • ,

Hello Coaches! Que todo Coach tem que investir em blog não é novidade, não é? Mas você sabe por que essa ferramenta é tão importante para o seu negócio? Preparei o artigo de hoje como um reflexão das vantagens e avanços que conquistei ao longo da minha experiência em blog e como tudo isso me ajudou a vender mais.

Então, hoje, vou dar algumas dicas para vender mais e melhor com seu blog de Coaching. Essas dicas foram desenvolvidas por mim, com minha própria experiência e que foram colocadas em prática no meu planejamento de negócio.

Prepare-se pois esse texto vai ser muito importante para sua carreira.

É possível vender mais e melhor com blog?

Quando as pessoas me procuram, geralmente elas querem saber se é possível vender mais e melhor com o uso de blogs e podem sair decepcionadas com a minha resposta. Eu gosto de dizer que “depende”.

“Como assim? Você disse no começo do texto que ia ensinar a vender mais e melhor com blogs”. É exatamente esse meu objetivo, no entanto vale ressaltar que o blog é apenas uma ferramenta para o seu sucesso em Coaching. É uma iniciativa importante ter um blog, mas só em criar o domínio não significa que terá mais clientes da noite para o dia.

O site ajuda muito, mas deve ser muito bem planejado e deve receber o investimento necessário para o alcance de um público expressivo.

É importante ressaltar que o blog, diferente das redes sociais (que são outra ferramenta de divulgação importante), está mais ligado à criação de credibilidade. Ou seja, ter uma página no Facebook mostra que você existe no seu mercado de atuação, mas é através do blog que você mostra que é especialista.

Por isso, a criação de blogs é tão importante para o Coach. Já disse muitas vezes aqui no By Dayse que você não deve ser “um Coach”, mas “O Coach”, ou seja, o melhor profissional do seu ramo de atuação. Claro que essa missão não é fácil de ser alcançada, mas esse é um caminho que você deve seguir e buscar sempre, sem esquecer-se de aproveitar o caminho e todos os aprendizados que ele te proporciona.

Essa imagem de conhecimento e expertise deve ser divulgada e trabalhada. É através do seu blog que você deve fazer isso. Só então conseguirá converter essa imagem em lucro e conseguir assim vender mais e melhor, sem negligenciar os seus valores e a ética profissional.

Como um blog pode construir sua imagem além de ajudar a vender mais

Como o blog pode ajudar na sua imagem

O blog é uma vitrine das suas virtudes! No começo da internet, naquela época do Orkut e dos primeiros programas de bate papo, os blogs eram “diários virtuais”. Alguns fãs de assuntos como vídeo games e ficção científica até criavam blogs temáticos para atender esse nicho, mas essa ainda era a minoria e que trabalhava de forma bem amadora, mais como um hobbie.

Hoje o jogo virou. As pessoas criam mais blogs temáticos ou profissionais para venda da própria imagem pessoal. As blogueiras de moda e maquiagem, por exemplo, se preocupam em manter sua timeline sempre inspiradora e motivadora, tanto nas redes sociais, como no blog.

Infelizmente, muitos Coaches ainda não tiveram essa mesma sacada. Alguns deixam o site pessoal apenas como uma espécie de cartão de visitas, com links para suas palestras, eventos e seus contatos. Essa tática funciona para alguns ramos de profissionais de tecnologia ou redes sociais, mas não para nós. Precisamos mudar isso para viver de Coaching.

Atenção! O blog também não deve ser usado para vender Coaching sempre. Propagandas devem estar bem posicionadas e ser usadas para fins estratégicos, mas não é o principal objetivo.

O Coach inteligente deve saber que o blog é a sua fonte principal de criação de credibilidade, fortalecimento de imagem, manutenção dos clientes e parceiros. Por isso, as postagens não devem ser sobre você, mas sim sobre seu campo de conhecimento. Por exemplo: Se você é Coach de emagrecimento, não fique postando fotos das suas palestras. Isso é para redes sociais como Facebook ou Instagram. Deixe para postar no blog textos como “Malefícios de dietas da moda”. Esse tipo de texto mostra quanto você é especialista no assunto e que não é algum charlatão no ramo.

Esse tipo de postagem, especializada, direcionada e bem pautada que separa os bons Coaches dos maus. Outros assuntos que também devem ser levados em conta na postagem são:

  • Uso de palavras e expressões que fortaleçam sua posição nos sites de busca
  • Número de caracteres por texto
  • Uso de palavras-chaves
  • Uso de links para assuntos similares em seu próprio blog
  • Estímulo à interação

Dicas de como vender melhor e mais com seu blog

Dicas de como vender melhor e mais com seu blog

Embora você já tenha entendido a importância de ter um blog, algumas dicas podem potencializar ainda mais sua marca na internet. Fiz uma pequena lista de ações que você pode tomar no seu site que te ajudarão a vender mais e melhor o seu serviço de Coaching.

  • Ofereça algo grátis: Mantenha disponível infoprodutos grátis no seu site, como ebooks e vídeo aulas. Em troca, você pode pedir o email dessas pessoas, que estão interessadas no seu tema e adiciona-los à sua mailing list.
  • Crie Chamadas para Ação: Depois do texto ser publicado, crie formas de pedir para que seu leitor continue no blog. Frases como “Clique aqui”, “Leia mais”, “Assine a newsletter”, são exemplos. Isso prende o visitante além de te dar maior visibilidade.
  • Melhore seus contatos: Os blogs também são ótimas ferramentas para melhorar sua lista de contatos na newsletter, por exemplo. Assim você terá a certeza de que está enviando os textos para as pessoas certas.

Como você pode notar, a chave para vender mais e melhor está em conhecer o seu público e para quem você escreve e realiza o Coaching.

Ficou com alguma dúvida?

Você já usa blogs para vender mais Coaching?

Comente abaixo com sua opinião sobre o assunto: