BLOG

Infoproduto para Coaches: O manual definitivo para criar um produto digital


Marketing Digital
19 de abril de 2016 • , , , ,

Hello, Coaches. Preparei para hoje um passo a passo para ajudar vocês a ingressarem no mercado dos infoprodutos. Para quem não sabe, “infoproduto” é o nome dado a uma série de produtos digitais, que podem ser comercializados ou fornecidos como recompensa em troca do emails de potenciais clientes, as iscas digitais.

Os infoprodutos podem ser muito úteis para Coaches de diversas áreas de atuação, já que existem vários tipos de produtos e um, com certeza, se adéqua a suas habilidades.

Embora seja maior que um post comum, ou um vídeo para suas redes sociais, a criação de um infoproduto não é muito diferente. A diferença, nesse caso é o tamanho do produto. No caso de eBooks, por exemplo, é preciso fazer vários textos, que se completem entre si, sem perder a coerência. Pode dar trabalho no início, mas é só questão de prática e planejamento. No caso de cursos e vídeo aulas, é preciso se fazer o roteiro de cada aula, antes de começar a gravar os programas.

Os segredos para infoprodutos de sucesso é planejamento, conhecimento do assunto e do público-alvo. Há formas de transformar qualquer temas em produtos digitais.

Infoproduto: os diferentes tipos.

Tipos de Infoprodutos:

eBooks

eBooks ou livros digitais são sempre uma boa pedida quando se trata de isca digital, mas também podem ser opções interessantes para quem quer começar a vender seus produtos online. Eles são muito populares, já que é mais fácil de consumir o conteúdo, pelo celular ou tablet, e por serem mais acessíveis aos escritores. Um programa editor de texto é suficiente para publicar o eBook, mas há opções para sofisticar o seu produto, como diagramação dinâmica e infografia.

Vídeo aulas e Palestras

As vídeo aulas sempre chamaram atenção de quem quer aprender algo novo, mas não tem tempo de frequentar um curso presencialmente. Esse tipo de infoproduto é importantíssimo para a criação da sua imagem e ajuda bastante em tornar-se referência nos temas propostos.

Audiobooks

Seus eBooks também podem se tornar audiobooks. Esses infoprodutos são livros narrados que são comercializados apenas em forma de áudio. A vantagem desse produto é que as pessoas podem ouvir o livro onde quer que elas estejam, nos seus iPods e celulares.

Podcast

Mais um infoproduto em áudio, o Podcast procura ser mais dinâmico, como uma conversa entre amigos, mas sobre temas relevantes, com convidados, entrevistas e recursos de edição. O formato se assemelha a um programa de rádio, só que pode ser mais bem-humorado e leve.

Screencasts

Esse formato consiste na gravação de um vídeo por meio da captura de tela. Essa é a forma mais fácil e rápida de se criar um vídeo, mas pode carecer de recursos visuais.

Sites de Membros

Os Sites de Membros, Programa para Membros ou somente Membership, são sites de conteúdo privado, onde só algumas poucas pessoas podem ter acesso, mediante pagamento.

eMagazines

Focadas no formato de revista, as eMagazines ou eZines são infoprodutos interessantes para quem quer tornar o seu negócio mais sofisticado e elegante. Elas são ideias para a comercialização, já que demandam um custo maior de edição.

Kits

Não é um infoproduto em si, mas consiste em unir mais de um dos itens acima em conjunto. Por exemplo: vender eBook com vídeo aula grátis. Pode ser um recurso interessante para potencializar resultados.

É hora de ganhar dinheiro com infoproduto

É hora de ganhar dinheiro com infoprodutos

Esses são alguns dos infoprodutos mais conhecidos e utilizados por produtores, que podem ser potencializados para os Coaches, de acordo com a necessidade de cada um. No entanto, há algumas dicas que devem ser levadas em consideração na hora de criar o seu infoproduto.Fiz uma lista com algumas delas que são válidas para qualquer infoproduto, independente do seu modelo de negócio e, depois, deixei dicas exclusivas para cada um dos exemplos acima.

Seja honesto

Cumpra o que prometeu quando vendeu ou disponibilizou o eBook ou Palestra. Quando compramos um infoproduto, não podemos folhear o material, como em uma livraria, ou ver e escutar um pouco do conteúdo, além do teaser e trailer. Portanto, as relações de confiança são muito importantes nesse tipo de mercado.

Clareza

Seja claro no que está vendendo. Diga exatamente do que se trata o infoproduto, quais as suas intenções com ele e como ele pode melhorar a vida do cliente. Evite enrolação e descrições muito breves, filosóficas ou enigmáticas.

Determinação e Paciência

Não se consegue muitas vendas da noite para o dia. Tornar-se uma referência em infoprodutos leva algum tempo, mas isso não deve ser empecilho para sua jornada. Continue investindo nos seus produtos que os resultados chegam com o tempo. Se você já segue minhas dicas que te ajudam a tornar-se um profissional relevante e de renome, alcançar o sucesso no mercado de infoprodutos não será difícil.

Conheça seu público-alvo

Como você viu acima, há vários tipos de infoprodutos, cada um com um formato, proposta e trabalho diferentes. Cabe a você saber qual se adéqua melhor ao seu público-alvo. Cabe ressaltar que todos os infoprodutos podem atrair pessoas de diversas faixas etárias e renda, mas alguns perfis preferem eBooks a Screencasts, por exemplo. Tente ser flexível e adaptar o seu tema de expertise em um formato que chame mais downloads.

Conheça os formatos

Cada formato tem sua especificidade, mas todos os temas podem ser tratados em todos os formatos. Por exemplo, todas as pautas de jornalismo podem ser aplicadas a qualquer meio de comunicação, ou seja, uma pauta de saúde, como a vacinação contra a gripe H1N1, que começa agora no outono, pode ser tratada tanto no rádio, quanto na TV, nos jornais impressos, sites, revistas, etc. A diferença é a abordagem que cada meio de comunicação vai dar a ela.

Com os infoprodutos não é diferente. Se sua especialidade é emagrecimento, você pode falar disso em um eBook, numa Vídeo Palestra, Podcasts, enfim. Sempre há um jeito de se falar de algo usando infoproduto como meio.

Use títulos chamativos

Quando fizer um eBook ou qualquer outro produto, busque títulos fortes, que falem exatamente do que será tratado no material e seja impossível de não ser clicado. Por exemplo “Como emagrecer 5kg por semana”, “Como aumentar suas vendas”, etc.

Dicas para infoprodutos

Dicas para infoprodutos

eBook

Para se escrever um eBook, é preciso estar atento, principalmente, à norma culta da Língua Portuguesa. Você deve estar atento à Coesão e Coerência do texto, concordância, etc. Nesse caso, a maior dificuldade fica por conta da revisão, já que você pode escrever em qualquer editor de texto, como o Word ou Write, que é gratuito. Os dois possuem a possibilidade de transformar o texto em PDF, formato padrão para a comercialização.

É recomendado uma diagramação pensada para dispositivos móveis, mas para isso talvez seja necessário a contratação de um profissional.

Screencast, Vídeo-aulas e Palestras

Sempre que trabalharmos com vídeos, é importante ter em mente a qualidade da produção, tanto com imagem quanto com áudio. Nesse caso é preciso um pouco mais de investimento, já que é necessário câmeras fotográficas ou de vídeo, microfone de qualidade e edição do produto. Se necessário, contrate algum produtor audiovisual para te ajudar nesse quesito.

Se você já possuir os equipamentos necessários, basta criar um roteiro e segui-lo nas suas apresentações. Em caso de texto para vídeo, é permitida uma linguagem mais informal, no entanto a objetividade é o mais importante.

Se não puder pagar por videografismo, não coloque. É melhor fazer algo simples e bem feito do que algo muito elaborado, mas mal feito.

eMagazines

Nesse ponto, é primordial a edição do trabalho. Uma revista deve ser bem diagramada, muito revisada e com conteúdo interessante. É muito difícil editar uma revista inteira sozinho, por isso use e abuse de parcerias para entregar um produto bacana no final do processo.

Podcasts e Audiobooks

Nesse caso, o áudio é sua única ferramenta, por isso a edição deve ser muito bem feita, já que qualquer coisa de errado na gravação, como um gaguejo do locutor, chamará muito mais atenção. No caso dos Audiobooks, é preciso contratar um locutor profissional para ler o livro, além de ter microfones de ótima qualidade.

Os ouvintes dos Podcasts não são tão exigentes quanto a voz e falta de erros, mas nesse caso é legal contar com a presença de convidados, para seu produto não ficar chato. A gravação pode ser feita em estúdios alugados ou pelo Skype, já que não é necessário muita pós produção.

Sites de Grupos

Nesse caso a pergunta é simples: por que eu vou pagar para entrar no seu grupo se posso ter acesso ao mesmo conteúdo de graça? Ou seja, seu grupo deve ter um diferencial.

Infoproduto: onde vender

Onde vender seus infoprodutos

Há várias formas de vender os seus infoprodutos. Algumas plataformas online ajudam bastante na administração e pagamentos desses produtos.

Email Marketing

Se sua lista de emails já estão otimizadas, você pode utilizar ela para divulgar a venda de seus infoprodutos. Se você tiver trabalhado bem as questões anteriores, é possível ter muito lucro vendendo apenas para a sua rede de contatos.

Hotmart

Uma das maiores plataformas de produtos digitais é o Hotmart. Lá, você pode disponibilizar todo seu material e conseguir lucros facilmente. O Hotmart te permite automatizar as transações, facilitar o pagamento dos clientes, garantir backup de tudo que você subiu pra rede e divulgar seus trabalhos com muito mais facilidade.

Esse serviço também é bem útil para conquistar mais clientes e vender seu material para afiliados, que ajudam nas vendas e tornam seus resultados mais expressivos e seu nome mais relevante no meio profissional.

Banners

Utilizar banner com anúncio do seu infoproduto no seu site ou de parceiros pode ser uma boa alternativa. Mas e se o cliente clica no banner, ele já é direcionado para a página de compra do produto? O ideal é utilizar uma Landing Page.

Landing Page

Essa é um tipo de página elaborada exclusivamente para expor, de modo atraente e direto, o seu infoproduto. Então, ele poderá realizar a compra do produto, após conhecer a fundo do que ele se trata. Essa é como uma página de pré-venda ou introdução.

Redes sociais

Se você é popular nas redes sociais, esse pode ser um bom local para fazer a divulgação dos seus infoprodutos. No entanto, não é permitido a criação de campanhas e promoções no Facebook. Fique atento.

O lucro com vendas de infoprodutos, principalmente em sites como o Hotmart, é proveniente da venda do seu produto digital para seus clientes, ou para afiliados, que vendem seus produtos a terceiros.

Espero com esse texto ter te ajudado a criar seu primeiro infoproduto. Se nesse momento você não estiver seguro o suficiente para começar sozinho, ou acredita que ter um especialista no assunto irá te trazer mais resultados praa criar junto com você o seu primeiro infoproduto sem que você precise perder tempo tendo que aprender várias ferramentas técnicas, você pode solicitar uma consultoria personalizada para que eu possa te ajudar nesse assunto.

Se quiser saber mais sobre alguns trabalhos realizados por mim, é só acessar aqui.

 

 

5 motivos para criar produtos digitais de Coaching


Marketing Digital
1 de março de 2016 • , , , ,

Hello Coaches! Quem já me acompanha no site e nas redes sociais sabe que eu tenho mais de 10 anos em experiência na internet. Parte desse conhecimento, eu compartilho por meio dos meus workshops e consultorias. Mas optei por ter meus produtos digitais por vários motivos, principalmente para poder distribuir meu trabalho por todo o Brasil, conseguir aumentar o número de clientes e ser totalmente independente e autoral.

Esses produtos me ajudaram a crescer no mercado, conquistar renome e ajudar muitas pessoas no processo de crescimento profissional delas. O melhor é que não tive que gastar quase nada e tive lucros incríveis! Por isso resolvi criar um post e ajudar outros Coaches a se darem bem no mercado de produtos digitais.

O que são produtos digitais?

O que são produtos digitais?

Produtos digitais são quaisquer produtos distribuídos exclusivamente pela internet e não palpáveis. Ou seja, e-books, podcasts, vídeos tutoriais, workshops, consultorias, palestras, vídeo aulas, apostilas, etc. Eu já até dei algumas dicas sobre criação de produtos digitais para Coaches nesse post.

Uma das maiores plataformas de produtos digitais é o Hotmart. Lá, você pode disponibilizar todo seu material e conseguir lucros facilmente. O Hotmart te permite automatizar as transações, facilitar o pagamento dos clientes, garantir backup de tudo que você subiu pra rede e divulgar seus trabalhos com muito mais facilidade.

Esse serviço também é bem útil para conquistar mais clientes e vender seu material para afiliados, que ajudam nas vendas e tornam seus resultados mais expressivos e seu nome mais relevante no meio profissional.

Os principais motivos para criar produtos digitais!

Motivos para criar seu produto

1 – Distribuição pelo país todo

Talvez, a principal vantagem de se investir em produtos digitais seja a fácil distribuição pelo país todo. Sem as barreiras físicas e com ajuda das ferramentas onlines você pode divulgar seu produto digital com mais facilidade e com maior alcance possível.

Além disso, alguns produtos só funcionam por serem digitais. É o caso de produtos em áudio (podcasts) e vídeo conferências. Outra vantagem disso é que você pode atualizar seus serviços de qualquer lugar, o que também não prejudica o Coach que precisa viajar a trabalho. Assim, fica fácil conquistar cada vez mais clientes.

2 – Independência nos negócios

Essa é uma vantagem muito grande para os Coaches que gostam da criação de e-books, principalmente. Com esse tipo de produto digital, você consegue quebrar a barreira para o lançamento de um livro, que é um processo muito demorado e burocrático. Você também consegue economizar um bom dinheiro com a impressão, distribuição e promoção do material, em comparação com o livro físico.

A mesma regra vale para vídeo aulas, tutoriais e cursos online. Imagina quantas pessoas você conseguiria reunir numa sala comercial para a realização de um curso em São Paulo, por exemplo. Só os valores envolvidos, a dificuldade de reunir pessoas no mesmo dia e horário, os problemas logísticos… Muita gente desistiria do curso antes mesmo de começar. Sem falar no valor da palestra, que seria muito mais alto para cobrir todos os gastos. Com os produtos digitais você não tem esse problema. Fica muito mais fácil ser independente e reunir pessoas com interesse no seu trabalho.

Com trabalhos 100% autorais assim, você também se torna mais importante no mercado e forma um portfólio mais diverso.

3 – Rentabilidade alta

Os custos envolvidos em trabalhos digitais são muito menores comparados com produtos físicos e a rentabilidade é alta. O número de pessoas envolvidas, geralmente é muito menor e o potencial de crescimento é enorme. Isso torna seu lucro muito grande.

Os custos com criação de produtos digitais são reduzidos e alguns serviços podem ser pagos a parte. Por exemplo, você pode contratar algum editor para seus programas multimídia ou um revisor para e-book, mas esses valores são pagos apenas uma vez e você ainda continua com controle sobre o seu trabalho.

4 – Trabalhar de qualquer lugar

Não custa lembrar que, com produtos digitais, fica muito mais fácil divulgar seu trabalho. Mais uma vez, eu vou citar a diferença entre e-books e livros físicos: já pensou ter que carregar seus livros por aí, em todo evento que for participar? Essa é a realidade da maioria dos autores pelo país, que acabam investindo dinheiro do próprio bolso para pagar exemplares que podem encalhar nas prateleiras por muito tempo.

No caso dos produtos digitais você pode distribuir os produtos por links ou postagens em seu site, durante o Coaching, pelas redes sociais, entre outros meios.

5 – Automatização

Essa é a melhor dica para você, Coach, que quer tranquilidade nos negócios. Com a vida corrida fica difícil ter mais um trabalho para gerenciar. Por isso, os serviços como o Hotmart, fazem com que os produtos digitais sejam uma mão na roda para qualquer tipo de empreendedor. A plataforma automatiza o pagamento e facilita a sua vida e a do cliente.

Você não precisa se preocupar com o processo de compras, pagamento, entregas etc. A plataforma se responsabiliza por tudo isso. O seu trabalho é apenas levar os clientes para a página de compras!

Está pronto para criar seu infoproduto?

Espero que minhas dicas tenham te ajudado a considerar a criação de produtos digitais, os chamados infoprodutos, para seus clientes de Coaching. Porém, para isso, você também precisa ver minhas dicas para ter um blog de sucesso. Afinal, esse é o melhor caminho para levar clientes aos seus produtos digitais. 

Está convencido de que é a hora de criar produtos digitais?

O que te impede de seguir por este caminho?

Quais são suas maiores dificuldades?

Deixe seu comentário aqui embaixo: